SILVA & SILVA INTELIGÊNCIA JURÍDICA PARA VENCER

Prodec habilita empresas com investimentos de quase R$ 300 milhões no Estado

HomeNotíciasProdec habilita empresas com investimentos de quase R$ 300 milhões no Estado

Prodec habilita empresas com investimentos de quase R$ 300 milhões no Estado

Cerca de R$ 300 milhões de investimentos privados estão sendo aplicados em empreendimentos que podem gerar aproximadamente 3.500 novos empregos diretos e indiretos no Estado. Os números demonstram a força do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), que nos últimos dias habilitou mais cinco empresas. Coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), o programa já existe há mais de três décadas e possibilitou a instalação de pelo menos 700 empreendimentos no Estado.

A gigante Portobello, em Tijucas, é uma delas. Para celebrar o aniversário de 40 anos, a indústria de revestimentos cerâmicos fez um investimento em ampliação que vai gerar produtos em grandes formatos. Com um aporte de R$160 milhões, 131 novas vagas de empregos diretos e 300 indiretos, vai gerar uma arrecadação na ordem de R$5 milhões. A Cerâmica Urussanga, também do segmento de revestimentos, fez um investimento de R$84,4 milhões, abrindo 410 novas oportunidades e retornando mais de R$13 milhões em ICMS.

“O Governo incentiva o setor produtivo. Enquanto muitas empresas estão fechando no Brasil, em Santa Catarina elas seguem no sentido inverso. Aqui na Portobello, vocês tomam essa decisão de expandir o seu parque fabril. A gente percebe que vocês têm muita coragem. Tudo que vocês já fazem há muitos anos, nós buscamos entregar também no governo do Estado”, destacou o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés.

No norte do Estado, estão sendo investidos cerca de R$ 49 milhões com a habilitação pelo Prodec. A estimativa é que juntas, os projetos de expansão das empresas fomentem em torno de 2.630 novos empregos diretos e indiretos em Jaraguá do Sul e Blumenau.

Novos contratos

Na última quarta-feira, 12, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino encaminhou os contratos, formalizando o apoio do governo para ampliação das empresas. A fabricante de itens para a indústria alimentícia Duas Rodas, em Jaraguá do Sul, conta com um projeto de expansão com previsão de contratar mais 22 empregos diretos, 66 indiretos e recolher cerca de R$ 36 mil de ICMS ao Estado, com investimentos previstos de R$17,5 milhões.

Em Blumenau, duas indústrias do ramo têxtil, a Pacífico Sul, que prevê a geração de 357 empregos diretos e dois mil indiretos, irá gerar uma arrecadação de mais de R$ 4 milhões para o Estado e R$20 milhões em investimentos. A TecnoBlu, que atua na indústria de acessórios têxteis, irá contemplar 185 novas vagas diretas e indiretas, com a expectativa de recolher mais de R$1,2 milhão e R$11,5 milhões em investimentos.

“Nosso papel como gestor público é incentivar o empreendedor a investir no Estado. O Prodec é um programa coordenado pela SDE e busca conceder incentivo à implantação ou expansão de empreendimentos industriais e comerciais, que vierem produzir e gerar emprego e renda em Santa Catarina”, destacou o secretário de Estado Lucas Esmeraldino.

O gerente de Apoio ao Investidor na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Luiz Eduardo Koslovski Santos, observa que “a proposta do Prodec dá a oportunidade das empresas direcionarem parte do valor que pagariam em tributos estatuais, para fomentar o crescimento, pois esse recurso será investido para expansão e geração de novos empregos. Com o Prodec as empresas passam a usar esse recurso de maneira mais estratégica para suas expansões”. 

Fonte: Governo do Estado de Santa Catarina

WhatsApp chat